Jesus, Manso e Humilde de Coração

0

O mês de junho é dedicado ao Sagrado Coração de Jesus. Para que possamos fazer uma experiência concreta do amor de Deus, Jesus nos ensinou sua espiritualidade: “eu sou manso e humilde de coração e achareis o repouso para as vossas almas” (Mt 11,29). A força, a bondade, a gratidão, a coragem e a paz moram no coração de quem se deixou tocar pelo Coração de Jesus. Estamos quase sempre acelerados, apressados, agitados! Precisamos aprender a desacelerar da agitação em que nos colocamos ao assumir mais funções do que somos capazes de arcar e ainda corremos o risco de sobrecarregar nossos semelhantes, que não são obrigados a apressar o passo, por causa de nossa pressa. Precisamos aprender a repousar nossa alma em Cristo, para que possamos agir mais e reagir menos, enfrentar mais e confrontar menos, acolher mais e parar de discriminar. Corações mansos e humildes aprendem a lidar com o medo e o tormento sem ingressar em desespero, com a dor e a aflição sem perder a fé madura em Deus, fé que produz perseverança. Não podemos controlar a pandemia, mas podemos nos dar ainda mais à oração, enquanto esperamos, com humildade e mansidão, a vacinação de todas as pessoas mundo afora.

A vacinação anda a passos lentos e a impressão é a de que demorará muitos meses, até a imunização de todos os brasileiros. Está difícil, o coração está dilacerado, suas forças acabaram? Seu amado não resistiu e faleceu, a enfermidade piorou sua condição de vida, furtaram seus bens? Perdeu o emprego, seu cônjuge te abandonou, um amigo ou familiar afundou no mundo das drogas? Você não é respeitado, nem amado? Sofreu abusos físicos, psicológicos, sexuais? Persevere seguro seguindo Jesus manso e humilde de coração! Perseverar é não desistir, ainda que você tenha vontade de largar tudo. Parece que a pandemia não acabará, que a enfermidade não será curada, que o emprego não virá, que o filho não te ouve, que o cônjuge não te ajuda, que a fé desapareceu. Ainda que pareça tudo isso e muito mais, persevere e não desista. Peça a Jesus forças nos momentos de fraqueza, sabedoria quando não souber o que fazer, discernimento nas escolhas e renúncias, paciência para aguardar o tempo de Deus. Persevere seguro e forte com Jesus, ainda que você sinta o chão se abrir para te engolir, o barco afundando e você naufragando, a mente vazia e paralisada pelo medo e pela dor, pelo luto e pela desesperança…

Em qualquer momento difícil, adverso, turbulento, não tente resistir por suas próprias forças: clame por Jesus, clame pela mansidão e humildade de seu Sagrado Coração, onde você encontrará descanso para sua alma fraca e abatida por causa da pandemia e de tantos outros acontecimentos ruins, tristes, desanimadores. Perseverando sua caminhada nesta vida com Cristo, você conseguirá amar o próximo como a si mesmo, conseguirá perdoar e pedir perdão, terá paz até em meio às dificuldades, manterá a fé em Deus nos momentos de incerteza e descrença, será capaz de se libertar de todos os traumas do passado e conseguirá forças para aceitar a vontade do Senhor, quando a sua era de não ter que sepultar um familiar, cônjuge ou amigo que morreu em decorrência das complicações do coronavírus ou de outra enfermidade. Perseverar é não desisitir de você, do outro, da vida, quando a vontade é de dar os pontos e não mais lutar. Por mais árdua, complexa e fatigante que seja a realidade de sua vida, “busque a justiça, a piedade, a fé, o amor, a perseverança e a mansidão” (1 Tm 6, 11). Com humildade e mansidão, temos condições de aprender alguma coisa edificante, até mesmo das piores e mais árduas situações. Perda, enfermidade, dor, luto e todas as demais experiências da vida propiciam ensinamentos valiosos, que nos motivarão a perseverar na fé, se estivermos abertos a aceitar a vontade de Deus sobre a nossa, e a aceitar as coisas que não podemos modificar, com serenidade, humildade e mansidão.

Quando a gente faz a opção por seguir Jesus, por testemunhar seu amor e por viver conforme os ensinamentos que ele nos deixou, começamos a fazer uma experiência maravilhosa de coragem, fé, partilha, amor, doação e perseverança, que brota da mansidão e da humildade do Sagrado Coração de Jesus. Aprendemos que estamos neste mundo, mas não pertencemos a este mundo: pertencemos a Deus e a seu reino de justiça, amor e paz. Mas, neste mundo em que estamos, há dor, sofrimento, tristeza, angústia, fome, guerra, enfermidade, desemprego, corrupção, traição e muitas realidades, que nos causam angústia, tristeza, aflição. Quando Jesus nos disse: “no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo” (Jo16, 33), Ele nos deu a certeza de que, para segui-lo, enfrentaríamos muitas aflições, às vezes, várias ao mesmo tempo. E que, se Ele venceu este mundo com coragem, felicidade, humildade e mansidão, nós poderemos vencê-lo também. Não perca a esperança diante das incertezas. Não perca a fé diante das provações. Não perca a sanidade mental diante de tanta maldade que alguns seres humanos são capazes de cometer, e cometem. Essencialmente, não tire os olhos de Jesus, pois dEle vem a força, para que você vença as tentações, suporte as provações, mantenha a saúde física, mental, emocional e espiritual, seja manso, humilde e tudo o mais que você precisa, para vencer o mundo, e todas as coisas que o afastam de estar em comunhão com Deus e com as pessoas. Muitas são as aflições, mas mais forte é o Senhor, que caminha com você, o orienta, fortalece, ilumina e guarda! Coragem, humildade, mansidão! Aguente seguro, pois você está aqui neste mundo de passagem! O seu lugar é o céu.

Por Fabiana de Deus

Fonte

Escreva abaixo seu comentário.

Por favor escreva um comentário
Por favor insira o seu nome aqui